Chamada para submissões

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MUSICOLOGIA DA UnB

Io ENCONTRO TEMÁTICO MÚSICA EM CONTEXTO (PPGMUS-UnB)

“Narratividade em perspectiva musical e pluridisciplinar”

CHAMADA DE TRABALHOS

I – Temática geral

O Programa de Pós-Graduação Música em Contexto da Universidade de Brasília (UnB) e a Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), com apoio da Associação Brasileira de Musicologia (ABMUS), promovem o II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MUSICOLOGIA da UnB e Io ENCONTRO TEMÁTICO MÚSICA EM CONTEXTO (PPGMUS-UnB). A realizar-se entre os dias 14 a 18 de novembro de 2016 nas instalações da UnB, contará com a presença de convidados internacionais e nacionais, com conferências, mesas-redondas, workshops e sessões de comunicações.

Tratando-se da segunda edição do Simpósio, busca discutir a “Narratividade em perspectiva musical e pluridisciplinar” enquanto conceito referente à trama localizada entre intenção (criação), agentes (objetos/media) e narratividade (ouvinte/usuário), em uma gama de abordagens – fenomenológicas, discursivas, cognitivas, históricas, culturais, evolutivas –, agregando subtemáticas no âmbito do ensino e da produção acadêmica em Musicologia, Música e áreas afins, enquanto área(s) e subárea(s) de produção do conhecimento, seus paradigmas e campos conceituais mais recentes, objetos e procedimentos de pesquisa situados no espaço ou de interesse brasileiro.

Desta forma, as temáticas previstas para submissão de trabalhos incluem:

  • Aspectos interdisciplinares da narratividade e suas interfaces com outras áreas/subáreas do conhecimento
  • Aportes temáticos da narratividade na musicologia brasileira
  • Qualidades narrativas na construção da musicologia: epistemologias, práticas e  comunicação de resultados e suas implicações para a epistemologia, ontologia e comunicação
  • Estruturas ou qualidades identificáveis em musicologia: narradores, personagens, enredos, causalidades, cronologias, estrutura de discurso, retórica, emoções, temas, ideologias
  • Usos da narratividade para descrever, predizer, explicar, persuadir, entreter
  • Formas de cognição que se justapõem/contrastam com processos narrativos (abstração, redução ambiguidades, visualização, descrição, argumento)
  • Narratividade na perspectiva da descrição e sistemas de gestão da informação: fontes, usuários e produtos

Esta chamada está aberta para que todos aqueles que desenvolvam trabalhos acadêmicos inéditos nestas diversas áreas/subáreas tenham oportunidade de divulgar suas produções e principalmente (re-)discutir as questões pertinentes à área no país.

O II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MUSICOLOGIA DA UnB e Io ENCONTRO TEMÁTICO MÚSICA EM CONTEXTO (PPGMUS-UnB) incluirá a submissão nas modalidades de comunicações e pôsteres, assim como na modalidade de recitais-conferências.

 

II – Instruções para submissão das propostas

Propostas no formato de resumo expandido, de 750-1000 palavras, em formato DOC, poderão ser submetidas nas modalidades de comunicações, pôsteres e recitais-conferências no campo da pesquisa em música sob a temática geral do evento. Comunicações e recitais-conferências deverão ter duração de 20-25 minutos. Estas deverão descrever claramente o tópico da apresentação e expor os objetivos, as questões da pesquisa e relevância do trabalho, assim como incluir as referências bibliográficas mais relevantes.

As propostas devem ser enviados até 31 de outubro 2016 por meio do sistema SOAC.

Os textos submetidos serão avaliados por dois pareceristas, que desenvolvam trabalhos similares aos propostos, membros da comissão científica, podendo ser submetido a mais avaliadores em caso de necessária desambiguação entre pareceres, que levarão em conta os seguintes critérios:

a) relevância do texto para a difusão e o desenvolvimento do conhecimento em música, especificamente voltados às temáticas de interesse do Congresso;

b) originalidade (contribuição significativa ou inovadora);

c) uso adequado das normas técnicas de referenciamento (estilo Chicago);

d) clareza conceitual e uso de referências atualizadas;

e) metodologia (adequação e profundidade na abordagem do assunto); e,

f) adequação às temáticas do congresso.

É reservado aos pareceristas o direito de apresentar parecer favorável ou desfavorável. É-lhes reservado também o direito de sugerir modificações, desde que não alterem as ideias do texto; nesse caso, as sugestões ao(s) autor(es) serão enviadas para que o(s) autor(es) proceda(m) às modificações no prazo determinado, observado o sigilo quanto ao nome dos respectivos pareceristas.

Não serão aceitos artigos e resenhas que estiverem fora das Normas Técnicas (estilo Chicago) disponível em:

http://www.chicagomanualofstyle.org/tools_citationguide.html

Os trabalhos aprovados serão divulgados no site do evento e deverão ser apresentados exclusivamente pelo autor, ou, pelo menos, por um dos autores do respectivo trabalho, conforme agendamento definido pela comissão organizadora.

Os templates para a entrega da versão final nas respectivas modalidades e normas de formatação, encontram-se disponíveis em: 
 www.ppgmusicaemcontexto.unb.br/en/simposiomus2016unb

III – Menções de distinção e publicação

O II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MUSICOLOGIA DA UnB e Io ENCONTRO TEMÁTICO MÚSICA EM CONTEXTO (PPGMUS-UnB) distinguirão conjuntamente entre as comunicações orais, pôsteres e recitais-conferências, os melhores trabalhos que se destacarem pela sua relevância, realização científica/acadêmica, apresentação e conteúdo. Desta forma, receberão a distinção de melhor apresentação ou menção honrosa por categoria os autores(as) dos trabalhos apontados pela Comissão Científica e a Comissão Organizadora.

Os trabalhos também poderão ser considerados para publicação na Revista Brasileira de Musicologia assim com na revista Música em Contexto do PPGMUS-UnB.

 

IV – Calendário


Submissão de trabalhos

até 31 outubro 2016

Avaliação por pares

até 6 novembro 2016

Publicação dos Resultados

7 novembro 2016

Envio da versão final dos textos aprovados

até 15 dezembro 2016 (para publicação dos Anais)

V – Comissões Científica e Organizadora

Comissão Científica

Pablo Sotuyo Blanco

Universidade Federal da Bahia | Presidente

Alexandros Charkiolakis

Istanbul Technical University

Ana Lúcia de M. e Louro-Hettwer

Universidade Federal de Santa Maria

Ana Guiomar Rêgo Souza

Universidade Federal de Goiás

André Guerra Cotta

Universidade Federal Fluminense

Beatriz Magalhães Castro

Universidade de Brasília

Cecília Leite

Instituto Brasil. Informação Ciência Tecnologia (IBICT)

Daniel Suarez

Universidad de Buenos Aires

Daniel Tarquínio

Universidade de Brasília

Delmary de Abreu Vasconcelos

Universidade de Brasília

Diósnio Machado Neto

Universidade de São Paulo

Edite Rocha

Universidade Federal de Minas Gerais

Elizeu Clementino de Souza

Universidade Estadual da Bahia

Flávio Santos Pereira

Universidade de Brasília

Heloísa Duarte Valente

Universidade Paulista

Lenita Nogueira

Universidade Federal de Campinas

Luciana Grings

Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro

Luciane Páscoa

Universidade Estadual do Amazonas

Márcio Páscoa

Universidade Estadual do Amazonas

Marcus Medeiros

Universidade Federal Juiz Fora/Universidade de Brasília

Marcus Wolff

Universidade do Rio de Janeiro

Maria da Conceição Passeggi

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mário Marques Trilha

Universidade Estadual do Amazonas

Mary Ângela Biason

Instituto Brasileiro de Museus-Campinas

Massimo Gentili-Tedeschi

Biblioteca Nacional Braidense de Milão

Paulo Marins

Universidade de Brasília

Ricardo Dourado Freire

Universidade de Brasília

Sérgio Nogueira Mendes

Universidade de Brasília

Comissão Organizadora

Beatriz Magalhães Castro

Universidade de Brasília | Coordenador

Delmary Vasconcelos Abreu

Universidade de Brasília | Vice-Coordenador

Cecília Leite

Instituto Brasil. Informação Ciência Tecnologia (IBICT)

Ana Claudia Freitas

Universidade de Brasília | Secretaria do PPGMUS-UnB


VI - Contato

O programa, formulários para inscrições, hospedagem e outros detalhes estarão disponíveis na página no Facebook, no serviço SOAC e página web do evento.

Para obter outras informações, não relacionadas ao envio de propostas, escreva para:

simposiomus2016unb@gmail.com

 

PARA MAIS INFORMAÇÕES

Programa de Pós-Graduação Música em Contexto

Departamento de Música

Universidade de Brasília

CEP: 70.910-000

Brasília,  DF

Tel.: +55(61) 3107-1113

Diretrizes para Autores

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MUSICOLOGIA DA UnB / Io ENCONTRO TEMÁTICO MÚSICA EM CONTEXTO (PPGMUS-UnB)

Utilizamos o estilo Chicago, formato NOTAS e BIBLIOGRAFIA para todas as nossas publicações e não serão aceitos artigos e resenhas que estiverem fora das Normas Técnicas, discirmindas abaixo, estilo Chicago disponível em:http://www.chicagomanualofstyle.org/tools_citationguide.htm

NORMAS TÉCNICAS

a)  As propostas devem ter uma extensão entre 750 e 1.000 palavras (excluindo título, dados pessoais e bibliografia).

b)  Serão aceitos propostas no idioma português, espanhol e inglês.

c)  A submissão de trabalhos dar-se-á pelo envio por meio da plataforma SOAC, disponível em: http://soac.unb.br/index.php/SIM/2SIM/

d)  As normas técnicas exigidas correspondem ao estilo bibliográfico da Universidade de Chicago, 16a ed., formato “Notas e Bibliografia,” e disponível em: http://www.chicagomanualofstyle.org/16/contents.html

e)  A versão final deverão ser redigidos preferencialmente a partir do “Template para trabalhos escritos” (disponível na plataforma SOAC e na página do PPGMUS-UnB) e digitados no programa Microsoft Word (ou equivalente) em formato DOC, DOCX, ou ODT. Usar fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1.5, alinhamento à esquerda.

f)  As palavras e expressões estrangeiras (diferentes do idioma do texto), assim como as citações em língua estrangeira (também em relação ao idioma principal) devem ser colocadas em estilo de fonte itálico.

g)  As notas devem ser inseridas no rodapé (e não ao final do texto, ou endnote). A formatação segue o estilo Chicago 16a ed. formato “Notas e Bibliografia,” evitando-se o uso excessivo de notas de rodapé. Para essas notas, usar fonte tamanho 10, espaço 1.0.

h)  Citações de até três linhas devem ser inseridas no texto – colocadas entre aspas (“...”), seguida do sobrenome do autor e ano da edição citada, e página, entre parêntesis – como no ex.: (Blacking 1987, 79).

i)  Citações a partir de quatro linhas devem ser colocadas em destaque, sem aspas, fonte 11, em itálico, espaço simples, alinhamento em 2 cm da margem à esquerda, justificado, seguida de ponto final, e do sobrenome do autor e ano da edição citada, página, entre parêntesis, sem ponto final – como no ex.: Texto texto texto. (Blacking 1987, 79)

j)  No caso de citações em idioma diferente do texto, o(s) autor(es) deverá(ão) traduzir a citação para o idioma do texto, cabendo ao(s) mesmo(s) optar(em) por colocar ou não, a citação em idioma original em nota de rodapé.

k)  Gráficos, ilustrações, e figuras devem ser enviadas em separado, preferencialmente vetorizadas em Adobe Illustrator ou Corel Draw. Caso isto não seja possível, estas devem ser enviadas no formato TIFF ou JPEG, com resolução mínima de 300 dpi. Os mesmos devem ser acompanhados das devidas indicações de ordem numérica e legenda (ex.: Figura 1: descrição sintética com as devidas referências, etc.). Fotografias devem ser enviadas no formato TIFF ou JPEG, com resolução mínima de 300 dpi, e com as devidas referências. Gráficos, ilustrações, figuras, fotografias e/ou tabelas já publicadas ou protegidas por direito autoral, devem ser acompanhadas de uma autorização escrita da respectiva fonte.

l)  Referências Bibliográficas: devem ser colocadas ao final do Artigo, em espaço simples, com alinhamento apenas a esquerda (iniciando com o sobrenome do(s) autor(es), o sobrenome e nome com primeira letra em maiúscula (title case), orientando-se pelas normas do estilo Chicago, formato “Notas e Bibliografia,” espaçamento simples, e como exemplificadas no “Template...” e a seguir. 
Nos exemplos a seguir, o formato da entrada bibliográfica é seguida do formato de notas na forma plena (1) e abreviada (2).

Livro com único autor ou editor

DeNora, Tia. After Adorno – rethinking music sociology. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

  1. Tia DeNora, After Adorno - rethinking music sociology (Cambridge: Cambridge University Press, 2003), 99-100.
  1. DeNora, After Adorno..., 99.

Livro com dois autores ou editores

Philpott, Chris e Charles Plummeridge, eds. Issues in music teaching. London: Routledge, 2001.

  1. Chris Philpott e Charles Plummeridge, eds., Issues in music teaching (London: Routledge, 2001).
  1. Chris Philpott e Charles Plummeridge, eds., Issues in music teaching, 56.

Livro com três ou mais autores e/ou editores

Brook, Barry, Edward O. D. Downes, e Sherman Van Solkema, eds., Perspectives in Musicology. New York: W. W. Norton & Company Inc., 1972.

  1. Barry Brook, Edward O. D. Downes, e Sherman Van Solkema, eds. Perspectives in Musicology (New York: W. W. Norton & Company Inc., 1972).
  1. Brook, Downes, e Solkema, Perspectives in Musicology..., 55.

Livro com autor e editor ou tradutor

Cook, Nicholas. Music: a very short introduction. Traduzido por Beatriz Magalhães Castro. Brasília: EdUnB, 2020.

  1. Nicholas Cook, Music: a very short introduction. Traduzido por Beatriz Magalhães Castro (Brasília: EdUnB, 2020).
  2. Cook, Music..., 35.

Capítulo de livro ou Verbete assinado em enciclopédia

Gould, Glenn. “Streisand as Schwarzkopf.” In The Glenn Gould Reader, edited by Tim Page, 308–11. New York: Vintage, 1984.

  1. Glenn Gould, “Streisand as Schwarzkopf,” in The Glenn Gould Reader, ed. Tim Page (New York: Vintage, 1984), 310.
  1. Gould, “Streisand as Schwarzkopf,” 309.

Artigo em Periódico

Piedade, Acácio Tadeu de Camargo. “Jazz, música brasileira e fricção de musicalidades.” Opus, Ano 10, n.10 (2004): 113-123.

  1. Acácio Tadeu de Camargo Piedade. “Jazz, música brasileira e fricção de musicalidades.” Opus, Ano 10, n.10 (2004): 113-123.
  1. Piedade. “Jazz, música brasileira e fricção de musicalidades.” Opus, 120.

Entrevistas (o autor é o entrevistado e não o entrevistador)

Bellour, Raymond. “Alternation, Segmentation, Hypnosis: Interview with Raymond Bellour.” By Janet Bergstrom. Camera Obscura, nos. 3–4 (Summer 1979): 89–94.

  1. Raymond Bellour, “Alternation, Segmentation, Hypnosis: Interview with Raymond Bellour,” by Janet Bergstrom, Camera Obscura, nos. 3–4 (Summer 1979): 89–94.
  1. Bellour, “Alternation, Segmentation, Hypnosis: Interview with 
 Raymond Bellour,” Camera Obscura, 89–94.

Dissertações ou teses

Scarpa, Paulo Cesar Almeida. “Transgressão, Mercado e Distinção: A Violência Extrema no Cinema.” Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná, 2007.

  1. Paulo Cesar Almeida Scarpa, “Transgressão, Mercado e Distinção: A Violência Extrema no Cinema” (Dissertação de Mestrado, UFPR, 2007), 65-66.
  1. Scarpa, “Transgressão, Mercado e Distinção: A Violência Extrema no Cinema,” 65-66.

Trabalho publicado em Anais de Evento (tratado como capítulo de livro)

Souza, Jusamara. “Múltiplos espaços e novas demandas profissionais: reconfigurando o campo da Educação Musical.” In Anais do X Encontro Anual da ABEM. Porto Alegre, 2001: 85-92.

  1. Jusamara Souza, “Múltiplos espaços e novas demandas profissionais: reconfigurando o campo da Educação Musical,” (Comunicação In Anais do X Encontro Anual da ABEM. Porto Alegre, 2001: 85-92.
  1. Jusamara Souza, “Múltiplos espaços e novas demandas profissionais: reconfigurando o campo da Educação Musical,” 85-92.

Trabalho apresentado em eventos

Teplin, Linda A., Gary M. McClelland, Karen M. Abram, and Jason J. Washburn. “Early Violent Death in Delinquent Youth: A Prospective Longitudinal Study.” Paper presented at the Annual Meeting of the American Psychology-Law Society, La Jolla, CA, March 2005.

Raymond Bellour,” Camera Obscura, 89–94.

  1. Linda A. Teplin, et al, “Early Violent Death in Delinquent Youth: A Prospective Longitudinal Study” (paper, Annual Meeting of the American Psychology-Law Society, La Jolla, CA, March 2005).
  1. Linda A. Teplin, et al, “Early Violent Death in Delinquent Youth: A Prospective Longitudinal Study,” 55.

Pôsteres apresentados em eventos

Rohde, Hannah, Roger Levy, and Andrew Kehler. “Implicit Causality Biases In uence Relative Clause Attachment.” Poster presented at the 21st CUNY Conference on Human Sentence Processing, Chapel Hill, NC, March 2008.

  1. Hannah Rohde, Roger Levy, and Andrew Kehler. “Implicit Causality Biases In uence Relative Clause Attachment” (Poster, 21st CUNY Conference on Human Sentence Processing, Chapel Hill, NC, March 2008).
  1. [não se aplica já que pôster não tem páginas múltiplas]

Conteúdo web (inclui dados sobre data de revisão e modificação quando disponíveis)

Microsoft Corporation. “WD2000: Visual Basic Macro to Assign Clipboard Text to a String Variable.” Revision 1.3. Microsoft Help and Support. Last modified November 23, 2006. http://support.microsoft. com/kb/212730.

Partitura publicada

Mozart, Wolfgang Amadeus. Sonatas and Fantasies for the Piano. Prepared from the autographs and earliest printed sources by Nathan Broder. Rev. ed. Bryn Mawr, PA: Theodore Presser, 1960.

  1. Wolfgang Amadeus Mozart, Sonatas and Fantasies for the Piano. Prepared from the autographs and earliest printed sources by Nathan Broder. Rev. ed. (Bryn Mawr, PA: Theodore Presser, 1960).
  1. Mozart, Sonatas and Fantasies for the Piano, 32.

Verdi, Giuseppe. Il corsaro (melodramma tragico in three acts). Libretto de Francesco Maria Piave. Elizabeth Hudson, ed. 2 vols. In The Works of Giuseppe Verdi, ser. 1, Operas. Chicago: University of Chicago Press; Milan: G. Ricordi, 1998.

  1. Giuseppe Verdi, Il corsaro (melodramma tragico in three acts), libretto by Francesco Maria Piave, ed. Elizabeth Hudson, 2 vols., The Works of Giuseppe Verdi, ser. 1, Operas (Chicago: University of Chicago Press; Milan: G. Ricordi, 1998).
  1. Verdi, Il corsaro (melodramma tragico in three acts), 55-56.

Partitura não publicada (manuscritos)

Shapey, Ralph. “Partita for Violin and Thirteen Players,” score, 1966, Special Collections, Joseph Regenstein Library, University of Chicago.

  1. Ralph Shapey, “Partita for Violin and Thirteen Players,” score, 1966, Special Collections, Joseph Regenstein Library, University of Chicago.
  1. [usar forma abreviada se necessário, apenas incluindo número da páginas ou páginas]

Gravação em CD (alguns exemplos)

Mozart, Wolfgang Amadeus. Don Giovanni. Orchestra and Chorus of the Royal Opera House, Covent Garden. Sir Colin Davis. With Ingvar Wixell, Luigi Roni, Martina Arroyo, Stuart Burrows, Kiri Te Kanawa, et al. Recorded May 1973. Philips 422 541-2, 1991, 3 compact discs.

Pink Floyd. Atom Heart Mother. Capitol CDP 7 46381 2, 1990, compact disc. Originally released in 1970.

Rubinstein, Artur. The Chopin Collection. RCA Victor/BMG 60822-2-RG, 1991, 11 compact discs. Recorded 1946, 1958–67.

Weingartner, Felix von (conductor). 150 Jahre Wiener Philharmoniker. Preiser Records, PR90113 (mono), 1992, compact disc. Recorded in 1936. Includes Beethoven’s Symphony no. 3 in E- at Major and Symphony no. 8 in F Major.

The Fireside Treasury of Folk Songs, vol. 1, orchestra and chorus dir. Mitch Miller, Golden Record A198:17A–B, 1958, 33 rpm.

New York Trumpet Ensemble, with Edward Carroll (trumpet) and Edward Brewer (organ), Art of the Trumpet, recorded at the Madeira Festival, June 1–2, 1981, Vox/Turnabout, PVT 7183, 1982, compact disc.

Richard Strauss, Don Quixote, with Emanuel Feuermann (violoncello) and the Philadelphia Orchestra, conducted by Eugene Ormandy, recorded February 24, 1940, Biddulph LAB 042, 1991, compact disc.

Billie Holiday, vocal performance of “I’m a Fool to Want You,” by Joel Herron, Frank Sinatra, and Jack Wolf, recorded February 20, 1958, with Ray Ellis, on Lady in Satin, Columbia CL 1157, 33 rpm.

Vídeo (imagem em movimento)

Slides e Filmes (curtas e longas)

The Greek and Roman World. Chicago: Society for Visual Education, 1977. Filmstrip, 44 min.

Louis J. Mihalyi, Landscapes of Zambia, Central Africa (Santa Barbara, CA: Visual Education, 1975), 35 mm slides, 40 frames.

DVDs e videocassettes

Cleese, John, Terry Gilliam, Eric Idle, Terry Jones, and Michael Palin. “Commentaries.” Disc 2. Monty Python and the Holy Grail, special ed. DVD. Directed by Terry Gilliam and Terry Jones. Culver City, CA: Columbia Tristar Home Entertainment, 2001.

Handel, George Friederic. Messiah. Atlanta Symphony Orchestra and Chamber Chorus, Robert Shaw. Performed December 19, 1987. Ansonia Station, NY: Video Artists International, 1988. Videocassette (VHS), 141 min.

Michael Curtis and Gregory S. Malins, “The One with the Princess Leia Fantasy,” Friends, season 3, episode 1, directed by Gail Mancuso, aired September 19, 1996 (Burbank, CA: Warner Home Video, 2003), DVD.

“Crop Duster Attack, ”North by Northwest, directed by Alfred Hitchcock (1959; Burbank, CA: Warner Home Video, 2000), DVD.

Vídeo em meio eletrônico

Harwood, John. “The Pros and Cons of Biden.” New York Times video, 2:00. August 23, 2008. http://video.on.nytimes.com/?fr_story=a425c 9aca92f51bd19f2a621fd93b5e266507191.

Pollan, Michael. “Michael Pollan Gives a Plant’s-Eye View.” Filmed March 2007. TED video, 17:31. Posted February 2008. http://www.ted.com/index.php/talks/michael_pollan_gives_a_plant_s_eye_view.html

A. E. Weed, At the Foot of the Flatiron (American Mutoscope and Biograph Co., 1903), 35 mm lm, from Library of Congress, The Life of a City: Early Films of New York, 1898–1906, MPEG video, 2:19, http:// lcweb2.loc.gov/ammem/papr/nychome.html

“HOROWITZ AT CARNEGIE HALL 2-Chopin Nocturne in Fm Op.55,” YouTube video, 5:53, from a performance televised by CBS on Sep- tember 22, 1968, posted by “hubanj,” January 9, 2009, http://

Submissões a esta conferência fecharam em 2016-11-07.